DPOC: Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica

asma sintomas da asma asma na mulher

23 de Setembro de 2011

A DPOC, Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica, era comumente chamada de bronquite crônica ou enfisema e, por essa razão, muitos não a conhecem por esta sigla1.

Importante problema de saúde pública2, a DPOC acomete os pulmões, provocando tosse, catarro e falta de ar3. Ela é considerada a quarta causa de morte no mundo e, segundo dados do DataSUS, está entre a quinta e sexta causa de morte no Brasil2.

A DPOC é resultado da interação entre fatores genéticos e ambientais. A exposição à fumaça de tabaco é o principal fator ambiental de risco à doença2. De 80% a 90% dos casos de DPOC ocorrem em fumantes ou ex-fumantes e os 10% restantes são indivíduos que estiveram expostos em ambientes com pó ou gases nocivos3. Frequentemente, a doença acomete indivíduos com mais de 40 anos que na maioria dos casos são fumantes ou ex-fumantes1.

Previsível e tratável, ela acontece quando, depois de 15 a 25 anos de exposição a agentes nocivos (como o cigarro, por exemplo), os brônquios agora inflamados fazem com que o indivíduo tenha tosse com catarro, fase chamada de bronquite crônica. Se o doente continuar exposto ao agente tóxico, ocorre o enfisema – lesão das paredes dos alvéolos – fazendo com que o pulmão perca sua elasticidade e o indivíduo sinta falta de ar mais intensa3.

É relevante mencionar que 15% dos fumantes ou ex-fumantes irão desenvolver a DPOC, o que no Brasil chega a representar sete milhões de indivíduos1! Suspender o tabaco é, portanto, parte obrigatória do tratamento3.


Referências

1. OLIVEIRA, J. Et. al. DPOC: Doença estável. IN: Unifesp. Disponível em: < http://www2.unifesp.br/dmed/pneumo/Dowload/DPOCDefinicoesEfaseEstavel.pdf> Acesso em: 24 out. 2014

2. JARDIM, JR. et al. Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica. In: Revista Brasileira de Medicina. Disponível em: <www.moreirajr.com.br/revistas.asp?fase=r003&id_materia=4195>. Acesso em: 16 out. 2014

3. JARDIM, JR. O que é DPOC? In: ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE ASMÁTICOS. Disponível em: <www.sbasp.org.br/jornaldet.asp?id=234>. Acesso em: 24 out. 2014

BR/AST/0016/14k

Texto atualizado em: 02/12/14

POST ANTERIOR

Asma na infância

PRÓXIMO POST

Asma e poluição

Comentários (47)

| Quero comentar também

GSK | 21 de Julho de 2014

Oi, Ivone. Obrigado por interagir com o Blog Chega de Asma! Consultar um médico especialista é o mais indicado. Apenas o médico vai poder dizer se o sintoma está ou não associado à DPOC. Fique à vontade para navegar e aproveitar todas as dicas nos posts. Um abraço, Equipe Blog Chega de Asma GlaxoSmithKline

ivone garcia | 19 de Julho de 2014

a mais de um ano eu fui dianosticada que eu tenho dpoc eu euso bombinha so que tenho muita chiera no pulmao e normal

GSK | 30 de Setembro de 2013

Oi, Dalbertino! Obrigado por interagir com o Blog Chega de Asma! Somente o médico, depois de uma avaliação clínica, pode dizer o que está causando os sintomas. A consulta médica é muito importante, indispensável para o tratamento. Fique à vontade para navegar e aproveitar todas as dicas nos posts. Um abraço, Equipe Blog Chega de Asma GlaxoSmithKline

dalbertino silva | 30 de Setembro de 2013

Eu sou asmatico e gostaria de saber se eu posso contrair enfisema ou se ja tenho enfisema?

GSK | 30 de Agosto de 2013

Oi, Angela. Obrigada por participar do nosso blog! Aqui você sempre vai encontrar informações e dicas sobre doenças respiratórias. Fique à vontade para navegar e aproveitar todas essas dicas nos posts. Um abraço, Núcleo de Relacionamento Web GlaxoSmithKline

angela maria | 28 de Agosto de 2013

Eu tenho DPOC,ja foi diagnosticado mas o medico nao me falou mto a respeito o que eu sei e o que eu tenho pesquisado.Falta mta informaçao da parte deles e tratamento,ja que vou no medico do SUS. Isso e lastimavel ja que pago todos meus impostos e nao tenho condiçoes de um tratamento particular!!!!!

GSK | 27 de Agosto de 2013

Oi, Marilene! Obrigado por interagir com o Blog Chega de Asma! Através de uma avaliação clínica, o médico especialista, pode diagnosticar e indicar o tratamento ideal para o seu caso. Consultar um médico especialista é o mais indicado. Fique à vontade para navegar e aproveitar todas as dicas nos posts. Um abraço, Núcleo de Relacionamento Web GlaxoSmithKline

marilene | 27 de Agosto de 2013

Oi,fiz um exame espirometria e acusou obstrução no pumão.mas a medica n me falou muito sobre isto.gostaria que me orientasse se realmente é um problema qeu requer muitos cuidados.

GSK | 13 de Agosto de 2013

Oi, Edmar. Obrigado por participar do nosso blog! É indispensável procurar um médico especialista. Apenas o médico, através de uma avaliação clínica, pode diagnosticar e indicar o tratamento ideal para o seu caso, e dizer se você está apto ou não para trabalhar. Fique à vontade para navegar e aproveitar todas as dicas nos posts. Um abraço, Núcleo de Relacionamento Web GlaxoSmithKline

edmar reis dias | 13 de Agosto de 2013

bom dia eu gostaria de saber se um portador de dpoc g3.m.d pode entrar com pedido do alçilho doença .tenho 50 anos e ja nao aguento mas nem tomar banho cem ficar muito cansado .obrigado .

GSK | 24 de Julho de 2013

Oi, Olivardo. A asma não tem cura, mas pode ser tratada para que os sintomas interfiram pouco na qualidade de vida de quem convive com a doença. Nós que agradecemos a sua participação aqui no Blog Chega de Asma. Um abraço, Núcleo de Relacionamento Web GlaxoSmithKline

Olivardo | 23 de Julho de 2013

Em resposta tenho acompanhamento medico a muitos anos mesmo assim sofro com crise de asma. muito obrigado pela a resposta forte abraço.

GSK | 23 de Julho de 2013

Oi, Vera! Obrigado por interagir com o Blog Chega de Asma! O enfisema faz com que o pulmão perca sua elasticiadade, fazendo com que o indivíduo sinta falta de ar mais intensa. É uma doença que acomete principalmente adultos tabagistas. O cigarro ou outros agentes alergênicos podem causar uma inflamação crônica dos brônquios e, conseqüentemente, o paciente pode apresentar tosse persistente e catarro por mais de três meses no ano. Por conta desta inflamação, o pulmão pode ficar mais suscetível às infecções por vírus e bactérias. Fique à vontade para navegar e aproveitar todas as dicas nos posts. Um abraço, Núcleo de Relacionamento Web GlaxoSmithKline

Vera Lucia Machado | 22 de Julho de 2013

Boa tarde eu gostaria de saber maiores infomações sobre Efisema pulmonar.. quais são as complicações..

GSK | 22 de Julho de 2013

Oi, Olivardo. Obrigado por participar do nosso blog! As receitas alternativas refletem a angústia e o desejo de se acabar com a doença. Infelizmente, acredita-se que muitas destas “receitas” funcionam, privando o paciente do tratamento correto. A consulta médica é muito importante, indispensável para o tratamento. É importante procurar um médico especialista dizer como está reagindo ao tratamento atual,pois somente ele pode avaliar com precisão e, se for necessário, vai indicar um novo tratamento. Fique à vontade para navegar e aproveitar todas as dicas nos posts. Um abraço, Núcleo de Relacionamento Web GlaxoSmithKline

Olivardo | 20 de Julho de 2013

Tenho asma desde seis menes de idade por tanto há 76 anos, fumei 49 anos tem 17 anos que parei, mais sofro muito com esta tal de DPOC mesmo com companhamento Medico eu sofro muito, quero saber se não existe um remédio caseiro que poça nos ajudar, muito obrigado.

GSK | 15 de Julho de 2013

Oi, Vera. Obrigado por participar do nosso blog! A DPOC, Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica, era comumente chamada de bronquite crônica ou enfisema e, por essa razão, muitos não a conhecem por esta sigla. O enfisema faz com que o pulmão perca sua elasticidade, fazendo com que o indivíduo sinta falta de ar mais intensa. A bronquite crônica tem como sua principal causa o tabagismo (fumo). A doença ocorre quando a mucosa dos brônquios fica constantemente irritada e inflamada, causando uma tosse contínua, também com catarro, além de chiado no peito. Os brônquios ficam mais suscetíveis a infecções causadas por vírus e bactérias oportunistas, o que pode agravar os sintomas. Continue acompanhando nosso Blog, pois sempre temos ótimas dicas. Um abraço, Núcleo de Relacionamento Web GlaxoSmithKline

VERA LUCIA MACHADO | 12 de Julho de 2013

O meu Esposo conviveu com fumantes durante sua vida inteira...Agora descobril que está com efisema pulmonar.. Gostaria de saber mais sobre está doença...

GSK | 10 de Dezembro de 2012

Oi, Amanda. Obrigada por participar do nosso blog! É importante procurar um médico especialista e dizer como seu avô está reagindo ao tratamento atual. O médico pode avaliar com precisão e, se for necessário, vai indicar um novo tratamento para ele. Fique à vontade para navegar e aproveitar todas as dicas nos posts. Um abraço, Núcleo de Relacionamento Web GlaxoSmithKline

Amanda Azevedo | 9 de Dezembro de 2012

Meu avô tem DPOC e do meio do ano para cá foi enternado 3 vezes, ele faz acompanhamento medico mas as crises estão aparecendo cada vez mais forte. Tem algo que possa se fazer alem da medicação?tipo uma fisioterapia respiratoria.

GSK | 23 de Novembro de 2012

Oi, Lieze. Obrigada por participar do nosso blog! Asma é uma doença crônica bastante comum, que afeta as vias respiratórias nos pulmões, e o enfisema é a lesão das paredes do alvéolos. O enfisema faz com que o pulmão perca sua elasticidade, fazendo com que o indivíduo sinta falta de ar mais intensa. Por mais que os sintomas das doenças sejam parecidos, é muito importante consultar um médico especialista, pois somente ele pode avaliar o seu caso clinicamente e indicar o tratamento adequado para você. Fique à vontade para navegar e aproveitar todas as dicas nos posts. Um abraço, Núcleo de Relacionamento Web GlaxoSmithKline

Lieze-Lotte Muniz Ro | 23 de Novembro de 2012

Eu não tenho catarro, dor no peito. Asmas não édiferente da DPOC?

GSK | 6 de Novembro de 2012

Oi, Otelino! Obrigado por interagir com o Blog Chega de Asma! Para o tratamento adequado da asma, é importante o acompanhamento médico, mesmo quando a pessoa não estiver apresentando os sintomas, pois a doença pode se manifestar de forma diferente ao longo da vida. A asma pode ser tratada de forma efetiva, mantendo-se os sintomas sob controle, para evitar crises mais graves e garantir uma vida normal e ativa. Fique à vontade para navegar e aproveitar todas as dicas nos posts. Um abraço, Núcleo de Relacionamento Web GlaxoSmithKline

otelino nogueira | 6 de Novembro de 2012

estou com sintoma de asma mas nunca fumei , mas tenho trabalhado com poeira a minha vida toda , hoje estou com 70 anos e á uns 90 dias começou um sintoma de asma estou tratando com especialista mas ainda ñ obtive nenhuma melhora espero que conciga o mais rapido que eu puder obrigado.

GSK | 22 de Outubro de 2012

Oi, Brigida. Obrigada por participar do nosso blog! Para saber a causa do sintoma, é muito importante consultar um médico especialista. O médico vai orientar e indicar o melhor tratamento para o seu caso. Fique à vontade para navegar e aproveitar todas as dicas nos posts. Um abraço, Núcleo de Relacionamento Web GlaxoSmithKline

brigida | 21 de Outubro de 2012

Sinto falta de ar constantemente o que fazer? Parece ate que vou morre.

GSK | 19 de Outubro de 2012

Oi,Maria. Obrigada por participar do nosso blog! A Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica (DPOC) não tem cura, mas o tratamento pode controlar os sintomas trazendo maior qualidade de vida ao paciente, reduzindo exacerbações e internações hospitalares. Para acompanhar nossas publicações, é só navegar e aproveitar todas as dicas dos posts. Um abraço, Núcleo de Relacionamento Web GlaxoSmithKline

GSK | 10 de Outubro de 2012

Oi, Noguchi. Obrigado por participar do nosso blog! Crises de asma podem ser desencadeadas pelo frio e/ou variações bruscas de temperatura, mas não há comprovação de que a ingestão de bebidas ou alimentos gelados possam desencadear uma crise. Para acompanhar nossas publicações, é só navegar e aproveitar todas as dicas dos posts. Um abraço, Núcleo de Relacionamento Web GlaxoSmithKline

maria | 5 de Outubro de 2012

eu achei muito interessante porque as pessoas tenhe que ver que essa doença tem cura

GSK | 24 de Agosto de 2012

Olá, Luiz. Obrigado por participar do blog com o seu depoimento. Reconhecer que o fumo é prejudicial já é um passo muito importante. O melhor a fazer, no seu caso, é procurar ajuda de um especialista no combate ao tabagismo. Esse vai ser um segundo passo importante para o tratamento da DPOC. Continue navegando em nosso blog e acompanhando nossas dicas. Um abraço, Núcleo de Relacionamento Web GlaxoSmithKline

ISMAEL LUIZ SANTOS | 24 de Agosto de 2012

Tenho 60 anos e,há cerca de 10 anos enfrento problemas respiratórios que,há cinco anos,foram diagnosticados como DPOC.Faço uso de medicamentos que facilitam a respiração,sou enfartado.Mas,o meu maior problema é que não consigo parar de fumar.Já fiz de tudo,aliado à boa vontade de parar com o vício.Não consigo.Não perdi peso,tenho dificuldades para andar e um certo cansaço,quando me esforço.Quando paro de fumar,por uns três,quatro dias,torno-me uma pessoa insuportável,agressiva.Nem eu mesmo me suporto.Sofro,por ter parado de trabalhar,atuei como locutor de rádio durante 40 anos,aposentei-me por invalidez.Isto,torna-me,ainda mais ansioso.Sei que estou incorrendo em erros,concorrendo para a morte.Confesso a minha fraqueza em reagir.

noguchi | 17 de Agosto de 2012

oi amigos gostariade saber de voçes se o gelo refrigerante , emfim bebidas geladas fazem mal a um a pessoa alergica ou asmática?

GSK | 15 de Agosto de 2012

Olá, Celso. Muito obrigado por participar do blog com um depoimento tão positivo! Reconhecemos o quanto é difícil parar de fumar, e no seu caso esse é um passo muito importante! Acreditamos que você esteja no caminho certo, tendo acompanhamento e seguindo o tratamento indicado pela médica. Continue acompanhando e participando do Blog Chega de Asma. Um abraço, Núcleo de Relacionamento Web GlaxoSmithKline

Celso de Brito | 15 de Agosto de 2012

Olá Fania, eu também era igual a voce achava dificil para de fumar, mas como eu fiquei com enfisema pulmonar por causa docigarro, eu decidi entre parar de fumar ou morrer. Então resolvi para de fumar. Voce procura ao inves de fumar chupar bala, evitar de tomar café, beba bastante leite puro, evite tambem tomar refrigerante. Boa Sorte.

Celso de Brito | 15 de Agosto de 2012

Sou ex fumante, comecei a sentir falta de ar ecansaço, fui à medica e ela mandou tirar duas chapas de pulmão, levei o resultado da chapa e o diagnóstico para ela ver. Resultado deu enfisema pulmonar. hoje estou em tratamento e parei de fumar. Se eu soubesse que o cigarro iria me fazer tanto mal, eu teria parado de fumar há muito tempo.

GSK | 6 de Agosto de 2012

Oi, Denise. Obrigado por participar do nosso blog! É indispensável procurar um médico especialista. Apenas o médico, através de uma avaliação clínica, pode diagnosticar e indicar o tratamento ideal para o seu esposo. Fique à vontade para navegar e aproveitar todas as dicas nos posts. Um abraço, Núcleo de Relacionamento Web GlaxoSmithKline

Denise Perek | 4 de Agosto de 2012

Meu esposo tosse muito, catarra e fuma demais, na ultima semana, fomos ao médico pois ele está catarrando sangue.É um sintoma de DPOC?

GSK | 30 de Julho de 2012

Oi, Fania! Obrigado por interagir com o Blog Chega de Asma! Parabéns pela iniciativa em querer parar de fumar! É muito importante consultar um médico especialista. Ele vai avaliar o seu caso, dizer o que está causando esse chiado e indicar um tratamento adequado para você. Fique à vontade para navegar e aproveitar todas as dicas nos posts. Um abraço, Núcleo de Relacionamento Web GlaxoSmithKline

GSK | 30 de Julho de 2012

Oi, Olivardo. Obrigado por participar do nosso blog! É indispensável procurar um médico especialista. Apenas o médico, através de uma avaliação clínica, pode diagnosticar e indicar o tratamento ideal para o seu caso. Fique à vontade para navegar e aproveitar todas as dicas do nosso blog. Um abraço, Núcleo de Relacionamento Web GlaxoSmithKline

FANIA | 29 de Julho de 2012

eu fumo desde meu 15 anos de vida. Hoje com 59 anos tenho um chiado quando vou deitar para dormir. Me irrita muito, eu tomo suco de limao e melhoro um pouco. como faço para deixar este cigarro? ME AJUDEM POR FAVOR.

Olivardo Olivio de O | 27 de Julho de 2012

Tenho 75 Anos, tenho asma desde de criança, tenho acompanhamento com pneumologista acada quatro més só que eu queria saber se não existe um remédio caseiro para tratamento desta doença. fumei 49 e nove anos segundo meu Medico eu tenho DPOC sofro muito eu sou o culpado de tudo por causa de maldito cigarro.

GSK | 17 de Maio de 2012

Olá, Ivan. Obrigado por participar do Blog Chega de Asma. Aconselhamos que consulte um pneumologista. Fique à vontade para navegar e aproveitar todas as dicas nos posts. Um abraço, Núcleo de Relacionamento Web GlaxoSmithKline

Ivan Placido | 17 de Maio de 2012

Qual o tipo de médico que tenho que procurar para tratar dessa doença? Obrigado!

Moderador GSK | 21 de Outubro de 2011

Olá Cicera, A GSK agradece a sua participação no Blog Chega de Crise/ Respire Fundo. Nosso objetivo é promover um diálogo produtivo sobre a asma de forma abrangente. Ficamos muito felizes em saber que se interessa por nossas publicações! Para acompanhar, basta navegar e aproveitar todas as dicas nos posts. Cordialmente, Núcleo de Relacionamento Web GlaxoSmithKline

cicera samara | 21 de Outubro de 2011

adorei esse blog das informaçoes pois meu filho tem bronquite obg.

Moderador GSK | 5 de Outubro de 2011

Olá Kesia, A GSK agradece a sua participação no Blog Chega de Crise/ Respire Fundo. Nosso objetivo é promover um diálogo produtivo sobre a asma de forma abrangente. Ficamos muito felizes em saber que se interessa pelas publicações e compartilha sua opinião! Para acompanhar as nossas publicações basta navegar e aproveitar todas as dicas nos posts. Cordialmente, Núcleo de Relacionamento Web GlaxoSmithKline

kesia | 5 de Outubro de 2011

esse é um assunto que mim interessei muito pois estou pedindo p as outras pessoas que acessem esse blog porque vcs vam gostar de estudar esse assunto.

Envie seu comentário

Seu e-mail não será publicado
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.